Estilo de Vida
0

Indiano anda de costas a 25 anos

O que faz uma pessoa parar de andar para frente e começar a caminhar de costas? A paz mundial, talvez? No caso do indiano Mani Manithan, sim, essa foi (e ainda é) a meta dele para ver a vida passar de outra forma — um objetivo admirável, embora pouco valorizado. Há 25 anos, Mani Manithan […]

Indiano anda de costas a 25 anos

O que faz uma pessoa parar de andar para frente e começar a caminhar de costas? A paz mundial, talvez? No caso do indiano Mani Manithan, sim, essa foi (e ainda é) a meta dele para ver a vida passar de outra forma — um objetivo admirável, embora pouco valorizado.

Há 25 anos, Mani Manithan caminha para trás devido a uma ideia um tanto esquisita que, para ele, visa alcançar a paz mundial. Afinal, para buscar a paz do mundo, tem gente que ajuda as crianças, tem pessoas que auxiliam os doentes, colaboram com os pobres e tem até quem ande para trás, no caso de Mani.

De acordo com o Odditty Central, Mani começou a caminhar de costas em 1989 após ficar chocado com uma série de incidentes violentos na Índia. Agora, ele diz que ficou tão acostumado a se deslocar dessa forma que não consegue mais andar para frente e em linha reta, mesmo se quisesse.

A sua forma de fazer com que o ato de andar para trás contribua para a paz mundial é batendo alguns recordes. Uma de suas primeiras manifestações como “caminhante ao contrário” foi andar cerca de 480 quilômetros, desde o local onde mora até a cidade de Chennai. E um detalhe, ele fez todo esse caminho como chegou ao mundo: nu.

Depois de vários desafios, ele acabou se acostumando com essa maneira de caminhar, levando para o seu dia a dia.

Manithan vende telefones celulares na vila de Agraharam, no estado indiano de Tamil Nadu, e leva uma vida normal, apesar de sua forma de caminhar. Ele anda para trás em casa, nas ruas, para pegar o transporte público e até mesmo para subir escadas. Para se orientar, Mani só dá umas olhadinhas por trás do ombro.

407909

Mas o seu ideal de buscar a paz mundial está sempre com ele. “No plano internacional, o terrorismo tem aumentado, muitas explosões estão acontecendo, os jovens estão equivocados. Para condenar tais incidentes, eu tenho andado para trás por 25 anos. Minha única obrigação é a paz no mundo”, disse ele.

Infelizmente, Mani alcançou pouco sucesso e nada realmente mudou devido ao seu estilo estranho de andar. Mas ele não desiste. Tanto que ele até prometeu não parar até que o mundo seja um lugar tranquilo para se viver. “Minha vida tem sido cheia de lutas, sacrifícios, conquistas e protestos, então eu não tenho problema de continuar a minha caminhada para trás até alcançar a paz no mundo”, disse o indiano.

Thiago de Paula

Thiago de Paula

Criador do Fascinante, Publicitário, apaixonado por artes gráficas, música e pizza.