Fascinante
0

Hogwarts em 400.000 peças de LEGO por Alice Finch

Se você é fã da série Harry Potter você vai se amarrar neste post! O que chama mais atenção nesta escultura de LEGO não é nem o fato dela ser enorme e envolver aproximadamente 400.000 peças, mas sim a riqueza de detalhes na qual ela foi concebida que vai desde os objetos na sala de […]

Hogwarts em 400.000 peças de LEGO por Alice Finch

Se você é fã da série Harry Potter você vai se amarrar neste post! O que chama mais atenção nesta escultura de LEGO não é nem o fato dela ser enorme e envolver aproximadamente 400.000 peças, mas sim a riqueza de detalhes na qual ela foi concebida que vai desde os objetos na sala de aula de Astronomia até as velas flutuantes no Grande Salão.

Tudo começou quando Alice Finch, mão de dois filhos, percebeu que ela ainda era apaixonada por Legos, mas não só pelo fato de que LEGO representava investir um tempo criativo e de qualidade com suas crianças. Talvez este despertar tenha vindo através da frustração de Alice com um dos kits Lego de Harry Potter que ela não considerou nem um pouco preciso. Ou quem sabe quando ela acabou uma versão reduzida do Grande Salão e percebeu que poderia ir muito além. Qualquer que seja a razão, no final das contas, ela conquistou nada mais nada menos do que a rara combinação dos prêmios “The People’s Choice” e “Best in Show” na BrickCon (A BrickCon, originalmente conhecida como NorthWest BrickCon, é uma convenção não-oficial para fãs adultos dos brinquedos LEGO, que tem lugar anualmente em um fim de semana no início de outubro, em Seattle, nos Estados Unidos da América) 2012, ocorrida em Outubro do ano passado. Levou bastante tempo para que a autora pudesse montar tudo novamente em um espaço apropriado para fotografar (graças, em parte, à um grande montador de Lego) e publicar as fotos.

De acordo com Alice: “Comecei a montar há 5 anos atrás quando eu investi bastante tempo com meu filho mais velho em nossa sala de Lego. Ele estava fazendo o prédio enquanto eu fazia a triagem e ia guardando. Depois de um tempo, eu percebi que meu filho queria construir também. Eu não montava Lego desde que eu era uma criança e uma vez que eu comecei a construir de novo, ocorreu-me que construir com meu filho tinha implicações muito importantes. Nós passamos tempos juntos fazendo algo criativo, aprendemos técnicas e compartilhamos ideias de forma muito produtiva, e, embora eu realmente não pense sobre isso no momento, eu estava mostrando a ele que mamães podem ser muito boas em montar Lego!” Confira as imagens:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Elisa Vieira