Ciência
0

17 Lugares espetaculares do mundo

Cansado das mesmas paisagens e lugares sempre que viaja? O Viagem Livre e o Minube selecionaram 17 lugares mágicos para inspirar suas próximas férias. As sugestões vão desde visitar um vulcão em plena atividade na Etiópia até percorrer as Terras Altas escocesas –conhecidas como Scottish Highlands. Praia das Catedrais (Ribadeo – Espanha) . Alfonso Varela/Minube Um lugar […]

17 Lugares espetaculares do mundo

Cansado das mesmas paisagens e lugares sempre que viaja? O Viagem Livre e o Minube selecionaram 17 lugares mágicos para inspirar suas próximas férias. As sugestões vão desde visitar um vulcão em plena atividade na Etiópia até percorrer as Terras Altas escocesas –conhecidas como Scottish Highlands.


Praia das Catedrais (Ribadeo – Espanha) . 
Alfonso Varela/Minube

Alfonso Varela/Minube

Um lugar de ondas revoltosas, que provocam imensas erosões nas rochas, moldando esses arcos gigantes. Uma paisagem de tirar o fôlego. Com a maré baixa é possível explorar os túneis sinuosos e cavernas.

 

Scottish Highlands (Escócia) . David G. Redondo/Minube

David G. Redondo/Minube

Se a Europa tivesse uma fronteira selvagem, com certeza ela seria as Highlands escocesas. Esta terra de montanhas verdes e castelos em ruínas ainda mantêm a beleza natural e mitologia local. Sem dúvida irão proporcionar uma bela visão de horizonte infinito.

 

Parque Nacional Namib-Naukluft (Naukluft – Namíbia) . Javier A. Garcia/Minube

Javier A. Garcia/Minube

O Namib-Naukluft é um parque natural de montanhas escarpadas e areia densa.  O deserto mais antigo do mundo é destino certo para quem quer ser esquecido e para os aventureiros que querem fugir das grandes construções do mundo moderno.

 

Erta Ale (Afar – Etiópia) . Eva Palomares/Minube

Eva Palomares/Minube

Embora tenha uma dura realidade social, não podemos negar que a Etiópia possui paisagens privilegiadas. Um exemplo? A terra parece se abrir diante de uma piscina de lava incandescente conhecida como o Portal do Inferno.

Embora a zona onde o vulcão está localizado seja remota, a visita a este caldeirão borbulhante certamente será uma experiência inesquecível.

 

Antelope Island (Utah – EUA) . Hermzz/Minube

Hermzz/Minube

Antelope Island é uma das áreas mais espetaculares do oeste americano. Grande parte desta beleza vem da combinação de cores que deixam a paisagem muito singular.

 

Delta de Okavango (Botswana) . Alicia Ortego/Minube

Alicia Ortego/Minube

As vastas zonas úmidas do Delta de Okavango  transformam o lugar em um infinito descampado fascinante. Pouco povoada, ela está repleta de búfalos, hipopótamos, hienas e crocodilos, e é uma das últimas áreas remanescentes da África que podem ser descritas como verdadeiramente selvagem.

 

Salar de Uyuni (Bolívia) . Jorge Suarez/Minube

Jorge Suarez/Minube

Um destino bastante conhecido entre os que curtem ralis, Salar de Uyuni é descrito muitas vezes como um dos lugares mais bonitos do país. O efeito espelhado do solo da região proporciona a sensação de estar caminhando no céu.

 

Yalta (Ucrânia) . Elli Kraizberg/Minube

Elli Kraizberg/Minube

Cenário da série “Game of Thrones”, a paisagem de Yalta é digna de Oscar. Ironicamente o lugar é mais famoso por seus belíssimos e luxuosos resorts e spas, do que pelo seu castelo beirando o abismo e suas fantásticas estâncias.

 

Sol de Mañana (Bolívia)  . Jorge Suarez/Minube

Jorge Suarez/Minube

Sol de Mañana é uma área desértica localizada a aproximadamente 5000 metros de altitude, com intensa atividade vulcânica. Lá, é possível explorar um campo cheio de “fumarolas” e gêiseres que expelem vapor de água e enxofre. Trata-se de um lugar único no mundo, perfeito para pesquisas geológicas.

 

Namtso (China) . Nacho G. Tejedor/Minube

Nacho G. Tejedor/Minube

Localizado no planalto tibetano, em território chinês, o Namtso é um lago espelhado que está rodeado de templos criados em cavernas, mosteiros e paisagens deslumbrantes. Em dias de sol, o lago reflete a imagem das montanhas Nyenchen Tanglha, deixando o lugar ainda mais fascinante.

 

Grand Canyon (Arizona – EUA)  . M. Hernandez/Minube

M. Hernandez/Minube

O Grand Canyon é considerado o lugar mais espetacular da América do Norte entre os viajantes. Parte deste reconhecimento venha, talvez, devido a sua grandiosidade territorial. Se tiver medo de altura cuidado, do alto dos seus picos a sensação é vertiginosa.

 

Ijen (Indonésia) . Cliff Fawcett/Minube

Cliff Fawcett/Minube

Já pensou em chegar até o topo de um vulcão na Indonésia e ver uma cratera gigantesca convertida em um lago de água turquesa? O Ijen é assim. À noite ainda é possível ver o vulcão expelir lava de cor neon, um verdadeiro espetáculo.

 

Islândia  . Albert G. Pinizza/Minube

Albert G. Pinizza/Minube

Não podíamos esquecer de mencionar as paisagens islandesas e suas incríveis manifestações naturais, como suas cachoeiras que já serviram de cenários de vários filmes.

 

Breithorn (Suíça)  . Andamcat Curveo/Minube

Andamcat Curveo/Minube

Breithorn não é a montanha mais alta dos Alpes, mas é uma das mais impressionantes. Suas trilhas de categoria leve são um atrativo para alpinistas e amantes do trecking. Já pensou como deve ser linda a vista do alto de sua superfície?

 

Estreito de Bransfield (Antártida) . Jorge H. Urcera/Minube

Jorge H. Urcera/Minube

A Antártida é considerada um dos lugares mais espetaculares do planeta. O Estreito de Bransfield, por exemplo, é um canal estreito repleto de icebergs de dimensões incalculáveis, de todas as formas e tamanhos. É, também, o reduto das maiores colônias de pinguins na natureza.

 

Fiorde de Geiranger (Noruega)  . Julian N. Camuñas/Minube

Julian N. Camuñas/Minube

A Noruega é berço de paisagens fantásticas e a lista de lugares incríveis são impressionantes de tão grande.  Um dos mais emblemáticos é o Fiorde de Geiranger , Patrimônio Mundial da Unesco , lugar famoso por suas cachoeiras, penhascos e panoramas sem igual.

 

Parque Nacional Los Glaciares (Santa Cruz – Argentina)  . Esther/Minube

Esther/Minube

O Parque Nacional Los Glaciares é famoso por ser inteiramente coberto gelo. Trata-se de uma área enorme que abrange mais de 250 km quadrados de solo argentino. Ótimo para quem quer caminhar sob o gelo ou apenas admirar a imensidão.

Fonte:Catraca Livre

Elisa Vieira