Conhecimento Geral
0

15 coisas estranhas que acontecem em aviões

Se você tem medinho de viajar de avião e é do tipo que prefere tomar um remédio para dormir a encontrar nuvens quando olha pela janela, desculpe, mas nós vamos deixar você com mais receio ainda. Todo mundo sabe que é mais seguro viajar de avião do que de carro ou ônibus, por exemplo, e […]

15 coisas estranhas que acontecem em aviões

Se você tem medinho de viajar de avião e é do tipo que prefere tomar um remédio para dormir a encontrar nuvens quando olha pela janela, desculpe, mas nós vamos deixar você com mais receio ainda. Todo mundo sabe que é mais seguro viajar de avião do que de carro ou ônibus, por exemplo, e que, por mais que acidentes aéreos também aconteçam, eles são mais raros. Mas mesmo assim, só de imaginar aquela aeronave gigante e pesada flutuando, já dá um frio na barriga.

O Huffington Post publicou uma lista de segredinhos a respeito de algumas companhias aéreas e nós vamos compartilhá-los com você agora. Confira alguns deles e a seguir e depois nos conte o que achou dessas informações:

1 – Quando as luzes se apagam


Fonte da imagem: Reprodução/bigappleblonde

Nessa hora você pensa que a iluminação diminuiu para que todo mundo pudesse tirar um cochilo, certo? Errado! Luzes apagadas, em aviões, significam preparo para evacuação, e não para dormir.

Parece que quando um avião vai pousar à noite, as luzes interiores se apagam, sim, mas isso é para preparar a tripulação caso exista uma necessidade de evacuar da aeronave. A lógica é que os olhos estarão acostumados com o escuro, então será mais fácil se ajustar à escuridão do lado de fora do avião.

2 – Você pode destravar a porta do banheiro pelo lado de fora

Geralmente há um mecanismo de segurança, atrás do sinal de “proibido fumar”, na porta, que permite destrancar o banheiro pelo lado de fora. Logicamente, isso existe para casos de emergência, não para brincadeirinhas.

3 – O ar que você respira

É proveniente do ar comprimido retirado dos motores da aeronave. Entre 25 e 50% desse ar vai para a cabine de comando, o resto, para os passageiros. O ar sai do avião por um pequeno buraco atrás da fuselagem.

4 – Sujinho


Fonte da imagem: Reprodução/thesocialcrat

Se você é um pouco neurótico a respeito de limpeza, já deve ter imaginado se os cobertores que você recebe são limpos. Na verdade, não são. Um depoimento de um comissário de bordo da Southwest Airlines afirmou que tanto cobertores quanto travesseiros são simplesmente empacotados novamente e distribuídos junto aos assentos.

Mais um detalhe: a mesinha dobrável à sua frente é utilizada por muitas mamães como apoio para trocar as fraldas de seus bebês. “Eu já vi mais fraldas sujas nessa mesa do que comida”, afirma o comissário. Além disso, parece que nem sempre essas bandejas são higienizadas.

5 – O capitão pode dar voz de prisão aos passageiros

Quando o avião está nos ares e ninguém entra, ninguém sai, o piloto se torna a autoridade máxima. Ele é permitido, por exemplo, a dar voz de prisão, prescrever multas e até atender aos últimos pedidos de algum paciente que esteja morrendo, como fazer um “testamento”.

6 – Você pode ir para a primeira classe

Qualquer passageiro, depois da decolagem do avião, pode ser transferido para a primeira classe, embora isso não aconteça com muita frequência, principalmente porque, para fazer isso, é preciso preencher um formulário muito extenso. Além de tudo, mudar uma pessoa para a primeira classe significa que ela vai precisar comer alimentos oferecidos nessa ala também – e nem sempre refeições extras estão disponíveis.

Quem consegue ir para a primeira classe? Geralmente pessoas grávidas, simpáticas, bem vestidas, atraentes ou que conheçam algum comissário.

7 – Pilotos dormem?


Fonte da imagem: Reprodução/huffingtonpost

Entre 43 e 54% dos pilotos do Reino Unido, da Noruega e da Suécia admitem dormir enquanto pilotam uma aeronave cheia de passageiros.

8 – Colete salva-vidas

Esse é um item comumente roubado por passageiros, por mais estranho que pareça. Ao que tudo indica, a galera retira os coletes situados entre os bancos para levá-los como souvenirs. A ideia, porém, não é nada bacana e, se você for flagrado fazendo isso, vai ser punido. O motivo é lógico: aviões podem fazer várias viagens por dia e, evidentemente, os itens de segurança precisam estar em cada voo. Esqueça, portanto, o colete. Compre um chaveiro baratinho e pronto.

9 – E se a porta do avião se abrir?

Não se preocupe! Há alguns puxadores do lado de fora para a tripulação (tentar) se segurar. Quando você entrar em um avião de novo, repare que ao lado da porta, do lado de dentro, há puxadores. Eles estão ali porque toda forma de proteção é válida e, em uma emergência que abra as portas do avião, uma coisa é certa: você vai precisar se segurar.

10 – Se não é um copo o que você quer


Fonte da imagem: Reprodução/t-online

Você pode pedir uma lata inteira de refrigerante, sem problema. Se a sede for muita, simplesmente solicite uma lata cheia e pronto. Problema resolvido. É direito seu e, aparentemente, os comissários não acham ruim quando isso acontece.

11 – Aquelas máscaras

Quando as máscaras de oxigênio caírem, você vai ter apenas 15 minutos de oxigênio. Mas, calma, isso é mais do que o tempo necessário para que o piloto leve a aeronave para uma altitude mais baixa e todo mundo consiga respirar normalmente. Sem crise.

12 – O jantar

Um comissário anônimo revelou que muitos funcionários demoram a distribuir os jantares, na esperança de que os passageiros peguem no sono e eles tenham menos trabalho a fazer. Será?

13 – Água de avião


Fonte da imagem: Reprodução/martyonwestjet

Se a água não vier em uma garrafa, não a beba. Ao que tudo indica, a água utilizada nos vasos sanitários e a “potável” podem até não ser a mesma, mas ficam reservadas em locais próximos e muitas vezes são verificadas pelo mesmo funcionário.

14 – O pagamento dos funcionários

Em algumas companhias aéreas, é comum que pilotos, comandantes e comissários recebam seus pagamentos apenas depois que a aeronave pousa em seu destino.

15 – As refeições de quem está no comando

Dois pilotos recebem dois tipos diferentes de alimentos e não estão autorizados a dividir o que comem. Isso é feito caso algum dos alimentos esteja estragado, aí só um deles vai passar mal.

***

Logicamente, as informações acima não dizem respeito aos padrões de todas as companhias aéreas. Elas foram coletadas pelo Huffington Post e dizem respeito a empresas internacionais.

Elisa Vieira